Tocando agora

Title

Artist

Programa Atual

Programa Atual

Background

117 anos

Escrito por em 14 de setembro de 2020

Quando, há 117 anos, em 15 de Setembro de 1903, os trinta e dois pioneiros reunidos no Salão Grau daquele hotel da Rua 15 de Novembro, em Porto Alegre, iniciaram as discussões que culminariam com a fundação do Grêmio naquela tarde, não poderiam imaginar que estavam dando o pontapé inicial na maior, mais gloriosa, linda, inigualável e fantástica história do futebol mundial. Com efeito, o Grêmio foi e é um clube pioneiro, inclusivo, democrático e o único no Rio Grande do Sul que pode bater no peito e exclamar aos quatro ventos: sou o clube de todos os gaúchos, de todas as pessoas.
Se o Grêmio tivesse um rosto, ele seria o de todos e o de cada um de nós, de vez que nós gremistas, partes indissociáveis, somos sua gênese e, ao mesmo tempo, o Grêmio é nossa Alma Mater. O Grêmio é gigante e infinito porque faz parte de nós e a todos acolhe sem distinção. O Grêmio é o clube dos porto-alegrenses, dos gaudérios das coxias de Bagé, dos colonos da Serra e dos missioneiros; dos estancieiros e dos peões, dos gaúchos e de qualquer brasileiro, dos brasileiros e de todos os estrangeiros. O único clube verdadeiramente democrático e inclusivo do Rio Grande, o clube que sempre aceitou todas as pessoas, de todas as cores e credos.
Por isso estamos aqui hoje: o Grêmio de Todos desperta paixões inexplicáveis e avassaladoras, sacrifícios imortalizados no Hino e ídolos eternos que atravessam gerações. Por isso estamos aqui hoje, para contar-lhes e partilhar as glórias de todos os tempos, os bons e os não tão bons momentos porque, afinal, é nosso dever levar esse orgulho e defender esse privilégio de sermos gremistas em qualquer lugar do planeta, a todo tempo e em qualquer lugar. Sim, meus amigos, ser gremista é um privilégio. Ser gremista é uma honra que nunca queremos deixar de sentir e que transmitiremos às futuras gerações. Sempre, de alma Tricolor e imortal, pelo e para o Grêmio.

O Grêmio de Todos desperta paixões inexplicáveis e avassaladoras. Não há gremista que não tenha uma história de abnegação ou sacrifício pelo Grêmio. Não há gremista que não tenha apoiado o clube nos momentos de necessidade e não tenha ficado eufórico e imortalmente feliz nas glórias… Partidas inesquecíveis, cada gremista tem as suas. Tem aquelas que prefere. Pouco espaço há aqui para listá-las todas e se ousássemos fazê-lo, cometeríamos certamente uma injustiça, pois tantas há que terminaríamos por esquecer uma…
Uma das maneiras de honrarmos e celebrarmos o Grêmio, é continuarmos a apoiar nosso clube, é sentirmos a grandeza de nosso tempo e de nosso Tricolor Imortal, é vivermos plenamente a alegria, a honra e o privilégio de sermos gremistas.
Parabéns pela tua data, Grêmio. Parabéns, Gremistas. Parabéns, Rio Grande do Sul. Parabéns, Brasil. Parabéns, América. Porque o time glorioso, campeão do Rio Grande do Sul, do Brasil e da América é o nosso Grêmio. Muitos anos ainda virão, com suas vitórias, alegrias, angústias, incertezas, euforias, virtudes e, principalmente, títulos. Afinal, Grêmio Imortal, levamos a ti no sangue azul, preto e branco que nos corre nas veias, és nossa alma tricolor e, assim, por seres eterno, tu, Grêmio, nesse imenso Universo Tricolor, faz-nos igualmente perenes. Obrigado, Grêmio. Tuas glórias são as nossas glórias e a tua grandeza traz a nossa felicidade. Exagero? De novo, não. Loucura? Certamente que sim. Eis que aqui, somos Loucos… pelo Grêmio.

Imagem: Divulgação Grêmio


Opinião dos leitores

Responda

Seu endereço de e-mail não será publicado.Required fields are marked *