“A teimosia não costuma ser uma boa amiga, Renato!”

Escrito por em 26 de agosto de 2020

Nem vou me dispor a falar sobre o jogo de domingo, porque todos nós já passamos raiva o suficiente com a patacoada que foi aquilo. Vamos falar dos nossos próximos cenários.

Hoje tem um jogo, que de certa forma, não deixa de ser bem importante. Final de gauchão é sempre importante. Por que pior que ganhar gauchão, é perder gauchão. Então, a postura do time em campo, vai dizer muito sobre as nossas aspirações para o restante da temporada. E essa postura, passa diretamente sobre como Renato se porta para o jogo. Não gosto nem um pouco de pensar que ele faria e repetiria os erros dos últimos jogos. Apesar de parecer nada demais, do outro lado temos o Caxias, do qual é responsável por duas de nossas três derrotas no ano. Entendem e conseguem transpor os desafios que a engrenagem do time do Grêmio impõe durante o jogo.

Mas vamos aos pecados capitais que Renato vem cometendo:

*A mudança súbita de postura no Segundo Tempo

Não sei mesmo o que ocorre no vestiário no intervalo dos jogos. Parece que eles entram numa espécie de retiro espiritual, regados a chá de Santo Daime e cantigas de transcendência da alma para um plano além do nosso. Por que não é possível que um time como o nosso, acostumado a exercer pressões em qualquer cenário de jogo possa ter regredido tanto nesse quesito. Esquecemos nossa proposta de jogo e simplesmente damos a bola pros adversários, e assim, passando por condições de ataque adversário completamente desnecessárias. Pegamos times não muito agradáveis de se jogar. E quando o Grêmio mostrou por alguns minutos sua força, éramos muito superiores a todos eles. Inclusive o Flamengo, que hoje tenta se reinventar nas mãos do Tio Torrent. Time ambicioso, se mostra agressivo do início ao fim. Sangue no olho tem que voltar, e isso Renato sabe fazer. Basta querer!

*Substituição de Jean Pyerre por Thiago Neves

Tudo bem que o JP não está nos seus melhores dias, e todos sabemos o porquê. Mas quando o moleque vem numa melhora ascendente dentro dos jogos, Renato senta o menino para o TN entrar em campo. Até aí tudo bem, nada absurdo, SE ELE TRANSCREVESSE EM DESEMPENHO! Parece cômodo, apático e sem tesão de resgatar seu bom futebol. Jogando burocraticamente, está bem longe do que um dia foi, aquele jogador extraclasse. Não tem problema algum nessa substituição, se ela fosse indiscutível, e no mínimo, capaz de alterar uma circunstância de jogo. Tem que rever pra ontem esse conceito, e não cometer com TN, o mesmo erro que cometeu com André!

*Thaciano e sua função sem função

Inegável que Thaciano é um cara esforçado, que tenta de todas as formas se encaixar em meio a um jogo, que em muitas das vezes, está precisando de um algo a mais. Mas, quando ele entra em campo, não consigo entender a função dele. Ele parece estar sendo um segundo volante em alguns momentos, quando nos damos conta, tá lá na ponta, e depois tentando fazer um falso 9, e por aí vai. Seria maravilhoso, se essas situações não fossem travadas pelo fato de ele não ter essa qualidade toda, para nenhuma delas. Na segunda volância, Darlan é melhor. Nas pontas, Gui Azevedo é da posição. Logo, sua entrada não se justifica, e pelo mesmo motivo do Thiago Neves. Insistência de ideia do Renato, que também tem que rever essa substituição. Ela não pode e nem deve ser opção imediata, sabendo que temos melhores ideias, que parecem esquecidas no banco.

*Mal aproveitamento dos meninos da base

Temos uma base, que nos rende muitos frutos. Mas não sei o que é preciso pra essa molecada entrar no jogo. Todos eles são melhores que as substituições que Renato vem fazendo. Tínhamos uma característica muito bacana de usarmos nossa base quase que com constância. E isso se perdeu ao longo do tempo. E acaba acontecendo o que se fez com Tetê, com Diego Rosa. Grandes jóias de nossa base, que nunca vimos em campo. Esses moleques precisam ter o reconhecimento e as chances que merecem. Se darão certo, só jogando pra ver. Mas não dá pra adivinhar com eles no banco.

*Bruxismo

Esse, pra mim, o pecado mortal de Renato. Toda temporada ele tem um bruxo que não rende quase nada, mas sempre tá ali. 2017 foi o Cícero. 2018 e 2019 foi o André. 2020 vem sendo Thiago Neves. Não queremos confraria de amigos do pai Renato. Queremos sangue no olho. Queremos honra a camisa. Queremos respeito a nossa inteligência. Pois nenhum desses cidadãos tinham capacidade técnica justificável que fosse suficiente pra dar carteiraço na molecada. ISSO TEM QUE MUDAR O QUANTO ANTES!

Muita coisa precisa ser revista. Mas esses pontos machucam muito nossa torcida. Pois nenhum de nós é cego. Nenhum de nós é leigo de não ver a possível solução escanteada, para que as ideias convictas e absolutas de Renato se mantenham. Essa teimosia não ajuda em nada. Ela não é uma boa amiga. Traiçoeira, vai te surrupiando aos poucos, e te espreita até a hora do bote. Como uma cobra, usa suas próprias ideias e verdades que você achava correto, e te estrangula como uma sucuri, ou te envenenam como cascavel. Até que quando você se dá por conta, já é tarde demais. Quem dorme com cobra, amanhece picado, Renato! Abre teu olho. Tua torcida tá te cantando a pedra e só você não escuta. Sua presença é fundamental na casamata. Mas a sua teimosia, está longe de ser bem vinda por nós. Livre-se dela, ou ela te matará no Grêmio. E JAMAIS QUEREMOS ISSO!

Fecha a conta e passa a régua! Saudações Tricolores!

FOTO: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA


Opinião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Required fields are marked *



Continuar lendo

Próximo post

CICLOS


Thumbnail
Música tocando

Título

Artista

Programa atual

Terapia

13:00 14:00

Programa atual

Terapia

13:00 14:00

Background
%d blogueiros gostam disto: