Tocando agora

Title

Artist

Programa Atual

Programa Atual

Background

O Jogo que Eu Vi

Escrito por em 20 de agosto de 2020

Engraçado, o jogo é o mesmo para todo mundo, mas cada um vê através dos seus filtros e lentes, de acordo com suas convicções. É difícil, num jogo que envolve paixão, tentar e conseguir se distanciar para fazer uma análise equilibrada enquanto o sangue ainda corre quente nas veias.

Vi um Grêmio superior ao flamengo e se tivesse que ter um vencedor ontem, seria o Grêmio. Ah mas isto não dá 3 pontos. Concordo, mas vitórias sem performance não passam de ilusão. Empatar ou mesmo perder com o time tendo desempenho satisfatório ou acima da média nos deixa mais próximos da vitória. E vi o Grêmio jogando de forma inteligente e superior ao badalado flamengo, que não levou riscos à nossa defesa. Vanderlei apareceu mesmo na hora do pênalti, e só, mostrando que seguimos com consistência defensiva. Achei que Kannemann tenta cabecear e o braço erguido é reflexo natural e de equilíbrio. Pênalti. Paciência. Questiono é a falta de padrão na arbitragem onde lances similares acabam tendo interpretações distintas. Não esqueci a cabeceada do Geromel desviada no braço do jogador do CAP na CB19.

Não vi o time relaxar após o gol, tanto que ainda construímos pelo menos duas chances claras, uma com Diego Souza e outra com Isaque onde deveríamos ter tido melhor sorte. Aliás, junto com o jogo contra o Corinthians, empilhamos algumas chances claras de gol sem conseguirmos ser efetivos. Falta de sorte, treino, calma ou competência? Vi o Grêmio jogando com certa intensidade que havia ficado perdida no passado, marcamos alto e atacamos com 5 jogadores. Nos defendemos com 6, 7 até 8 jogadores atrás da linha da bola recompondo, numa mostra de compactação. Dominávamos o flamengo até que alterações, possivelmente o aspecto físico e o próprio adversário acabaram empurrando o Grêmio para trás, mas ainda assim sob nosso controle. Perdemos o meio com a troca do JP pelo TN (incompreensível, salvo alguma questão que me fugiu), somado com o ímpeto natural do adversário para buscar o empate e acabamos recuando no último terço do jogo. Flamengo quando precisou teve grupo e foi buscar no banco. Nós precisamos olhar com mais atenção nossas opções, algumas insuficientes. TN não desembarcou. Apostar nele neste momento é um erro que poderá cobrar sua fatura, como foi contra o fla. Renato, que pensou bem o jogo, se equivocou nas trocas. E mesmo assim ainda fomos superiores e mantivemos controle da partida. Há acertos a serem mantidos e há erros a serem corrigidos. Equilíbrio é importante e as críticas precisam ser feitas de forma correta ou acabam se tornando vazias. No final, fica um gosto amargo, era uma partida que poderíamos ter saído com a vitória. Espero que mantenhamos foco no BR, tem muito jogo ainda. E que olhemos para o grupo.

Saudações Tricolores.

FOTO: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA


Opinião dos leitores

Responda

Seu endereço de e-mail não será publicado.Required fields are marked *